Contas de luz ficam mais baratas no Ceará a partir de hoje, 22 de abril

As contas de energia elétrica no Ceará estão mais baratas a partir desta segunda-feira, 22 de abril. A mudança ocorre em virtude das novas tarifas aprovadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com redução média de 2,81%.

Click aqui para seguir o Canal Folha do Vale no Whatsapp

Os consumidores residenciais devem receber um desconto ainda maior, já que, para essa categoria de cliente, o reajuste foi negativo em 3,10%. Para a baixa tensão, que engloba os consumidores residenciais, os de áreas rurais, comércio, serviços, poder público e iluminação pública, o impacto será de -3,03%.

Para os clientes da alta tensão, como a indústria, a redução na conta será de 2,10%. As mudanças entram em vigor neste dia 22, data de aniversário do contrato com a distribuidora Enel Ceará. No estado, mais de 4,4 mil clientes são atendidos pela empresa.

 

Conta de luz mais barata no Ceará

Segundo o órgão regulador, o efeito médio é decorrente do reajuste dos custos de aquisição de energia (-8,27%) e da distribuição (-2,41%). Além disso, a redução foi impactada pela variação negativa do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) nos últimos 12 meses, de -4,63%.

A queda da parcela da tarifa repassada à distribuidora (Enel Ceará), chamada parcela B, também contribuiu diretamente para a redução no valor total das tarifas aos consumidores.

É importante esclarecer que, em uma fatura de energia no valor de R$ 100, somente R$ 29,3 são destinados à Enel Distribuição Ceará para operação, expansão, manutenção da rede de energia e para remuneração dos investimentos. Os demais itens são custos não gerenciados pela companhia e repassados às empresas de geração, transmissão e ao Governo Federal”, explica Hugo Lamin, Diretor de Regulação da Enel Brasil.

A Enel disse, ainda, que parte dos custos das contas de energia não é gerenciada pela empresa, como impostos, encargos setoriais e custos de geração e transmissão de energia. “As tarifas são definidas pela agência reguladora, a Aneel, com base em leis e regulamentos federais”, detalhou.

Siga-nos no INSTRAGRAM e fique por dentro das últimas noticias

 

Fonte: Gcmais

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *