Preços dos remédios devem subir até 4,5% a partir de domingo, 31 de março

O governo autorizou o aumento de até 4,5% nos preços dos remédios. Vale a partir de domingo e tem muita farmácia fazendo promoção. Na semana que vem, o preço dos medicamentos pode subir até 4,5% em todo o país.

Click aqui para seguir o Canal Folha do Vale no Whatsapp

Para chegar ao índice, a CMED observa fatores como a inflação dos últimos 12 meses (IPCA), a produtividade das indústrias de medicamentos, custos não captados pela inflação, como o câmbio e tarifa de energia elétrica e a concorrência de mercado, conforme determina o cálculo definido desde 2005.

O reajuste anual foi autorizado pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos. Mas, ele não é automático, nem imediato. As farmácias podem aplicar esse aumento de uma só vez ou ao longo do ano.

As drogarias que ainda têm estoque podem segurar um pouco mais o repasse ao consumidor. Muitas já estão alertando os clientes nas vitrines. Por isso, o jeito é seguir aquela dica antiga, mas que sempre funciona: pesquisar.

Segundo o governo, esse reajuste é o menor desde 2020. O sindicato que representa o setor defende que o aumento é necessário para repor os custos de produção. As indústrias farmacêuticas só podem subir os preços com essa liberação, que é dada uma vez ao ano.

Siga-nos no INSTAGRAM

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *