Hospital Geral Dr. César Cals realiza ações de prevenção ao câncer de intestino

Durante os dias 13 e 14 de março, o Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), unidade da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), promove ações relacionadas à conscientização e prevenção ao câncer de intestino. Das 7h às 17h, os pacientes e acompanhantes que passarem pelo setor de Endoscopia do hospital receberão panfletos informativos que alertam sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de intestino. Nesse período, pacientes regulados pela Central de Regulação do estado e do município de Fortaleza, também passarão pelo exame de colonoscopia.

É um compromisso nosso alertar a população sobre a importância da prevenção do câncer colorretal. Quando diagnosticado precocemente, a possibilidade de cura é de até 90%. Por isso, sempre buscamos conscientizar nossos pacientes”, afirma Marcus Ratacazzo, chefe do Centro de Imagem do HGCC.

Click aqui para seguir o Canal Folha do Vale no Whatsapp

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), a incidência de câncer de intestino é a terceira maior no País. Perde apenas para o câncer de próstata e câncer de mama. Com o diagnóstico precoce, a possibilidade de cura do câncer de intestino é de até 90%. Atualmente, por volta de 85% dos casos de câncer de intestino são diagnosticados em fase avançada, quando a chance de cura é menor.

Conforme explica Ratacazzo, os principais sintomas que podem ser observados são “a presença de sangue nas fezes e a alteração do hábito intestinal de ritmo recente – quando o indivíduo que apresentava um funcionamento normal passa a ter diarreia ou constipação”. Ele destaca ainda, como sinais de alerta, dores e cólica abdominal frequente, com mais de 30 dias de duração, emagrecimento rápido, sem causa conhecida, anemia, cansaço e fraqueza.

 

Serviço:

Ação de conscientização de prevenção do câncer de intestino
Data: 13 e 14 de março (quarta-feira e quinta-feira)
Horário: 7h às 17h
Local: Serviço de Endoscopia do HGCC – Avenida Imperador, 545 – Centro, Fortaleza
Público-alvo: pacientes regulados pela Central de Regulação

Siga-nos no INSTAGRAM

Fonte: Governo do Estado

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *