Brasil ultrapassa a Itália e se torna a 8ª maior economia do mundo

O Brasil ultrapassou a Itália e se tornou a 8ª maior economia do mundo, mostrou nesta terça-feira, 4 de junho, a Austin Rating. Depois da divulgação do crescimento de 0,8% no do Brasil no 1º trimestre em relação ao anterior, o país somou US$ 2,331 trilhões em PIB (Produto Interno Bruto). Ficou levemente superior ao do país europeu (R$ 2,328 trilhões).

O Brasil havia terminado 2023 como a 9ª maior economia do mundo. Enquanto o PIB do Brasil cresceu 0,8% no 1º trimestre, a economia da Itália avançou 0,3%. Os dados foram divulgados pelo economista-chefe da Austin Rating, Alex Agostini.

A maior economia do mundo é a dos Estados Unidos, com US$ 28,78 trilhões de produção. China e Alemanha completam o top 3, com US$ 18,53 trilhões e US$ 4,59 trilhões, respectivamente.

O Brasil ainda está atrás do Japão (US$ 4,11 trilhões), India (US$ 3,94 trilhões), Reino Unido (US$ 3,5 trilhões) e França (US$ 3,13 trilhões).

O PIB do Brasil teve o 17° maior crescimento no 1º trimestre de 2024 em relação ao anterior no mundo. O ranking da Austin Rating é feito com base nas taxas de 53 países.

A maior taxa trimestral foi de Israel, que tem se recuperado da guerra. O PIB do país encolheu 19,4% no 4º trimestre de 2023.

Em média, o mundo cresceu 0,3% no 1° trimestre em relação ao trimestre anterior. O Brics -grupo de países formados por Brasil, Rússia, India, China e África do Sul- teve crescimento médio acima do Brasil (1,2%).

 

As 15 maiores economias do mundo
  • 1º – Estados Unidos: US$ 28.781,10
  • 2º – China: US$ 18.532,60
  • 3º – Alemanha: US$ 4.591,10
  • 4º – Japão: US$ 4.110,50
  • 5º – Índia: US$ 3.937,00
  • 6º – Reino Unido: US$ 3.495,30
  • 7º – França: US$ 3.130,00
  • 8º – Brasil: US$ 2.331,40
  • 9º – Itália: US$ 2.328,00
  • 10º – Canadá: US$ 2.242,20
  • 11º – Rússia: US$ 2.056,80
  • 12º – México: US$ 2.017,00
  • 13º – Austrália: US$ 1.790,30
  • 14º – Coreia: US$ 1.760,90
  • 15º – Espanha: US$ 1.647,10

 

SIGA-NOS NO INSTRAGRAM E FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOTICIAS

 

 

Fonte: Poder360

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *