Limoeiro do Norte: Cozinha Ceará Sem Fome do Bom Fim já distribuiu mais de cinco mil refeições

De acordo Presidente da Associação Jaguaribana de apoio a comunidade LGBTQIA+, com Adriana Nogueira, a partir da divulgação do edital do  projeto Governo do Estado  a direção da Associação passou a acompanhar os trâmites legais para participar do certame e culminou na aprovação da instituição no programa governamental que tem o objetivo principal diminuir a vulnerabilidade da população mais carente cadastrada no programa Bolsa Família.

Siga-nos no INSTRAGRAM e fique por dentro das últimas noticias

Durante os seis primeiros meses da primeira etapa da cozinha Ceará Sem Fome, a Associação Jaguaribana de Apoio a População LGBTQIA+, situada no Sítio Bom Fim, na zona rural da cidade conseguiu distribuir 100 quentinhas diárias para moradores do Bom Fim e Morros, perfazendo uma média de cinco mil refeições desde a implantação do programa. Observou Adriana.

A cozinha Ceará Sem Fome do Sítio Bom Fim atua com servidoras que são remuneradas pelo programa do Governo do Estado, além de colaboradores voluntários integrantes do grupo das famílias beneficiárias.

Conforme relatou Adriana Nogueira, os trabalhos na cozinha Ceará Sem Fome do Bom começam às 5h da manhã com a preparação dos alimentos de acordo com o cardápio do dia e termina com a distribuição das refeições para todas as famílias cadastras no programa.

A Cozinha Ceará Sem Fome do Bom Fim conta o apoio do Restaurante Meio do Mundo, da comunidade do Bom Fim.

Siga-nos no INSTRAGRAM e fique por dentro das últimas noticias

 

Por: Nilo Leite

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *