Vale do Jaguaribe: Movimento 21 apresenta a programação da XIII Semana Zé Maria do Tomé

Comunidades da Chapada do Apodi e o Movimento 21 realizam, entre os dias 13 e 20 de abril, a XIII Semana Zé Maria do Tomé, sobre o tema, Território Livre: Luta pela terra, Agroecologia e justiça social no Vale do Jaguaribe.

Click aqui para seguir o Canal Folha do Vale no Whatsapp

Evento relembra a história, as lutas e legados deixados por Zé Maria do Tomé, agricultor e ativista ambiental de Limoeiro do Norte que lutava contra a pulverização aérea e a grilagem de terra na região.

Assassinado em 21 de abril de 2010, o ambientalista e líder comunitário José Maria Filho ficou conhecido como um dos mais atuantes militantes em denúncias sobre as consequências da pulverização aérea e a contaminação das águas por agrotóxicos na Chapada do Apodi.

Uma vasta programação com rodas de conversas, lançamento de livros, cine-debate, sarau e a tradicional Romaria da Chapada do Apodi constam na grade de programação da XIII Semana Zé Maria do Tomé.

 

 

Programação:
  • Dia 13 – sábado

– 8h- Feira da Agricultura Familiar Camponesa.

Com representantes das comunidades camponesas do Vale do Jaguaribe.

Local: em frente ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Limoeiro do Norte.

– 10h – Feira Cultural da Reforma Agrária e roda de conversa.

Com Sandra Gadelha (M21), João Alfredo (IDACE), Dep. Renato Roseno (PSOL) E Márcia

Xavier (CERESTA-Limoeiro Do Norte).

Local: Centro Frei Humberto, Fortaleza.

– 11h – Encontro das/os lutadoras/os do Vale do Jaguaribe.

Com representantes das Comunidades, Ocupações, Assentamentos, Movimentos Sociais, Organizações e Entidades.

Local: Sindicato Dos Trabalhadores Rurais, Limoeiro Do Norte.

 

 

  • Dia – 15 – segunda-Feira

– 9h – Ato em defesa do julgamento imediato do crime contra Zé Maria do Tomé.

Com militantes dos Movimentos Sociais, Entidades e População em geral.

Local: Fórum Clovis Beviláqua, Fortaleza.

 

 

  • Dia 16 – terça-feira

FAFIDAM-Uece, Limoeiro do Norte:

– 18h30 – Mística

– 19h – Mesa de abertura: Carajás: Luta pela terra, Água, agroecologia e justiça social.

Com representantes dos Movimentos e Instituições: Renato Pessoa (MST), Reginaldo Araújo (M21), Aline Maia (Cáritas), Elisangela Gomes (OPA), Regina Coele e Adelita Chaves (Femaje- EFA), Sandra Gadelha (MAIE), Lívia Moreira (MAB), Lucenir Jeronimo (FAFIDAM-UECE), Vandizete Reges (STRAAF-Limoeiro) e Fábio Silva (CPT).

 

 

  • Dia 17 – quarta-feira

– 9h – Audiência pública: Apicultura e Agroecologia, Ameaças – Chuvas de veneno na Chapada do Apodi.

Com Cáritas Diocesana, FEMAJE-EFA, e Deputado Renato Roseno (PSOL).

Local: Câmara dos Vereadores, Tabuleiro do Norte. Fo

– 9h – Roda de Conversa: a Chapada do Apodi Contexto, Desafios e Proposições

Com Lucas Cunha, Zeuza Freitas e Damiana Bruno (Coletiva Vozes Feministas – PSOL).

Local: Escola Arsênio Ferreira Maia, Limoeiro do Norte.

 

 

  • Dia 17 – quarta-feira

FAFIDAM-UECE, Limoeiro do Norte:

– 13h30 – Roda de conversa: Educação e Escola na França, hoje. Lições na luta por direito à educação.

Com Daniel Thin (Université Lumière Lyon 2) e Josiane Thin (Educação Básica/França). Mediação: Sandra Gadelha (MAIE).

– 16h – Lançamento de livros.

1 – Livro: Educação Popular e Educação do Campo: diálogos de saberes e resistência em territórios camponesa (EFA/MAIE).

2 – Guia de Vigilância Popular em Saúde – Vigia, Povo! (FIOCRUZ).

– 18h30 – Mística.

19h – Mesa redonda: movimentos sociais e resistência na França e Brasil.

Daniel Thin (Université Lumiére Lyon 2) e Maria De Jesus (MST).

Mediação: Sandra Gadelha (MAIE)

 

 

  • Dia 18 – quinta-feira

– 14h – Cine-debate e Sarau: questão agrária, agroecologia e o protagonismo das mulheres nos territórios.

Com Bernadete Freitas, Jade Chaves e Laisa Cavalcante (PROEFCAM/FAFIDAM); Diana Nara (PRODEJA/FAFIDAM); Sandra Gadelha (FORMAR/FAFIDAM); Camila Dutra, Thiago Luiz e Aline Brito (NATERRA/UECE); Adeliane Oliveira, Viliane Silva e Cailane Sousa (PROEBGEO/FAFIDAM); Mary Nascimento e Camila Falcão (UNIVERSUS/FAFIDAM).

Local: Acampamento Zé Maria Do Tomé.

– 16h Roda de conversa: a Chapada do Apodi contexto, desafios e proposições.

Com Zeuza Freitas e Damiana Bruno (Coletiva Vozes Feministas – PSOL).

Local: Escola Lauro Rebouças, Limoeiro Do Norte.

– 18h30 – Roda de conversa: Educação Popular e Movimentos Sociais: a experiência do movimento 21.

Com Diana Nara (FAFIDAM/UECE), João Paulo Guerreiro (IFCE), Damiana Bruno (Coletiva Vozes Feministas – PSOL) e Fábio Silva (CPT).

Local: IFCE, Limoeiro Do Norte.

 

  • Dia 19 – sexta-feira

– 14h – Formação coletivo FEMAJE/EFA territorialidade, organização política e lutas cotidianas: terra, água, biodiversidade e o potencial libertador.

Com João Alfredo (IDACE), Pe. Júnior Aquino (Cáritas), Jackson Sousa (NATERRA/UECE) e Maiana Maia (FASE). Mediação: Regina Coele (FEMAJE).

Local: FAFIDAM/UECE.

 

  • Dia 20 – sábado

– 16h – Romaria da Chapada do Apodi

Local da Concentração: Memorial Zé Maria Do Tomé (estrada para o Tomé), Limoeiro Do Norte.

Apoio: Acampamento Zé Maria Do Tomé; MST; Cáritas Diocesana de Limoeiro Do Norte; OPA; FAFIDAM/UECE; TRAMAS/UFC; NATERRA/UECE; PROEFCAM/UECE; MAIE/UECE; LECAMPO/UECE; FIOCRUZ Ceará; FEMAJE; EFA Jaguaribana; CPT; Ceresta Limoeiro do Norte, Dep. Renato Roseno, MAB; JURA; CSP Conlutas; STRAAF-Limoeiro; IDACE e SINDJUSTIÇA-CE.

Siga-nos no INSTAGRAM

 

Por: Nilo Leite

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *