Micro e Pequenas Empresas geram 80% dos empregos com carteira assinada no Brasil

A maioria dos empregos com carteira assinada no Brasil é gerada por micro e pequenas empresas, que foram responsáveis pela abertura de 1,1 milhão de postos de trabalho no país no ano passado. O número representa 80% das vagas formais criadas em 2023. Os dados são de um levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O estudo aponta que o setor está em alta. No ano passado, foram abertas no Brasil 859 mil micro e pequenas empresas, um aumento é de 6,6% em comparação com 2022. Fazem parte da categoria as empresas que faturam até R$ 4,8 milhão por ano.

O presidente do Sebrae, Décio Lima, avalia que a abertura de novas micro e pequenas empresas reflete a melhoria da economia, o que deixa os empreendedores mais confiantes. Segundo ele, o setor representa, hoje, 94% dos CNPJs no país. Uma política de crédito segura está sendo criada para que os empreendedores tenham longevidade nos negócios.

O Ceará teve um aumento significativo no número de empresas registradas em 2023, com um total de 104.640 novos empreendimentos formalizados ao longo do ano, revelou um levantamento realizado pela Junta Comercial do Estado (Jucec). Dentre esses registros, 78% foram constituídos por Microempreendedores Individuais (MEI), totalizando 82.258 novos MEIs abertos. O saldo líquido de aberturas, considerando novos registros e encerramentos, alcançou a marca de 38.298 empresas.

O destaque desse crescimento se concentrou principalmente nos municípios mais populosos do estado. Fortaleza liderou o ranking com 52.749 novos registros, representando metade de todas as aberturas de empresas no estado. Em seguida, destacaram-se Caucaia, com 3.923 registros, Juazeiro do Norte, com 3.686, Maracanaú, com 3.160, e Eusébio, com 1.720.

Siga-nos no INSTAGRAM

 

Fonte: Gcmais

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *