Câmara de Limoeiro do Norte aprova afastamento da prefeita em exercício, Dilmara Amaral

Na manhã desta quinta-feira, 8 de fevereiro, durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Limoeiro do Norte, os vereadores aprovaram por unanimidade, o pedido de afastamento da prefeita em exercício, Dilmara Amaral Silva, por um período de 90 dias para averiguação de denúncias de possíveis irregularidades e corrupção.

A denúncia foi apresentada pela ex-Superintendente do IMMAB-Limoeiro do Norte, Karisia Mara, que teve a solicitação atendida com 14 votos favoráveis ao afastamento da prefeita interina, e um voto de abstenção.

Com afastamento da prefeita Dilmara Amaral, o presidente da Câmara Darlyson Lima (Paxá) assume pela segunda vez, de forma interina, o comando da administração pública municipal, enquanto o vereador José Valdir da Silva (Valdir do Suburbão) assume a presidência da mesa diretora da casa legislativa local.

Como representante da base de apoio da prefeita, o vereador Zé Neto lamentou pelo momento em que vive a política limoeirense e defendeu a tese de que a denúncia apresentada seja avaliada de forma criteriosa e cautelosa, a fim de que o processo de investigação não venha ocasionar prejuízos de forma injusta para as partes envolvidas e para o município.

De acordo com o vereador Domingos Bezerra, após a aprovação do pedido de afastamento da prefeita Dilmara, a Câmara Municipal tratou da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), afim de apurar a veracidade dos fatos, em seguida votado e aprovado o afastamento por um período de 90 dias.

O vereador Teinha do Espinho também expressou o seu anseio de que CPI transcorra com legalidade e transparência.

 

Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI/CMLN)
  • Presidente – Domingos Bezerra
  • Relator – Heraldo Holanda
  • Membro – Francisco Diógenes (Mixico)

Siga-nos no INSTAGRAM

 

Por: Nilo leite

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *