Ceará Sem Fome: SDA reforça compromisso com unidades gerenciadoras de cozinhas sociais

A Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará (SDA) recebeu, na tarde dessa quinta-feira, 27 de julho, representantes das unidades gerenciadoras selecionadas para coordenar as cozinhas sociais (Unidades Sociais Produtoras de Refeição – USPRs) do Programa Ceará Sem Fome. O secretário do Desenvolvimento Agrário, Moisés Braz, e a primeira-dama do Ceará, Lia de Freitas, estiveram presentes na atividade e ressaltaram a importância do Programa Ceará Sem Fome.

O encontro abordou o modelo de plano de trabalho, documentos necessários para celebração da parceria, a proposta de credenciamento das unidades gerenciadoras e serviu de tira-dúvidas para o público. A palestra foi ministrada pelo secretário executivo do Planejamento e Gestão da SDA, Taumaturgo Júnior.

Estamos hoje para assumir e reforçar a responsabilidade da parceria com as unidades e com o Programa Ceará Sem Fome. O primeiro passo foi individual e agora, o esforço é coletivo. Eu quero dizer para todos presentes que a equipe da SDA, todos os secretários executivos, estão com compromisso com o programa e eu direcionei priorizar até o fim do ano, as políticas de combate à fome. Nós temos vários projetos e o Ceará Sem Fome vai ser um prioritário”, garantiu o secretário Moisés Braz.

Ednardo Bezerra, da Associação dos Moradores do bairro Floresta, uma das entidades selecionadas para o Programa Ceará Sem Fome, contou da experiência de trabalhar com cozinhas sociais. “A experiência de trabalhar com cozinha comunitária é fantástica. Nós trabalhamos há 19 anos aqui no bairro Floresta, em Fortaleza, com crianças, adolescentes e famílias. É um desafio porque não é fácil, você tem que ser comprometido com aquilo que está fazendo. A gente entende que quem tem fome tem pressa. Eu conheço toda essa realidade da fome porque eu venho do sertão. E por conta disso que eu me coloco à disposição para trabalhar com o Programa Ceará Sem Fome”, comentou o representante da instituição.

A primeira-dama do Ceará destacou a iniciativa do governo estadual com o projeto nacional de combate à fome. “Participar deste programa é fazer história. É motivo de orgulho, e o Ceará está de parabéns pela iniciativa. O nosso Estado está tendo a sensibilidade de trabalhar com o que mais precisa. E nós seremos pioneiros na implantação desse Programa”, enalteceu Lia de Freitas.

 

Gerenciamento das Unidades Sociais

No dia 21 de julho, o Governo do Ceará, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), divulgou o resultado final do Edital de Chamamento Público nº 02/2023. O documento apresentou as entidades vencedoras para o gerenciamento USPRs no âmbito do Programa Ceará Sem Fome, num total de 39 lotes.

O documento foi publicado após o governador Elmano de Freitas anunciar o resultado, durante evento de assinaturas dos acordos de cooperação do Pacto Ceará Sem Fome, no dia 21 de julho, no Palácio da Abolição. Clique AQUI para mais detalhes.

 

O que é o Ceará Sem Fome?

Programa permanente de combate à fome no estado do Ceará, que reúne o trabalho e os esforços de diversas instituições (públicas e privadas) e o engajamento da sociedade civil.

O Ceará Sem Fome é lei e desenvolve ações e políticas públicas para alimentar de forma saudável a população mais carente do Estado. Executado em parceria entre a Secretaria de Proteção Social (SPS) e a SDA, o programa distribui cartões para compra de alimentos no valor de R$ 300 para cerca de 50 mil famílias e irá entregar até 100 mil refeições diárias em por até 1.290 cozinhas sociais a serem credenciadas em todo o estado.

 

Glauber Sobral - Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Agrário do Ceará
Avenida Bezerra de Menezes, 1820 - Fortaleza
WhatsApp: (85) 9-8417-1507

 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *