Neurologista cita atividades para melhorar função cerebral

O poder da mente é fundamental, ou seja, é ela que credencia para alcançar aquilo que acreditamos. Assim, a cabeça em operação pode trazer benefício da mesma forma do que ficar sem fazer nada só pode lhe acarretar prejuízos. Nesse sentido, o neurologista Gabriel Novaes vai citar sete atividades para melhora do cérebro.

 

 

  • Prática de exercícios

Mesmo durante as férias, vale a pena praticar algum tipo de atividade física. Os exercícios regulares podem auxiliar na redução do estresse, manutenção do peso durante um período de maior tendência a consumir alimentos calóricos e bebidas alcoólicas, além de ajudar no sono”, confirmou o neurologista.

 

 

  • Ouvir música

Esse é um hábito que traz comprovadamente benefícios para o cérebro, mas, obviamente, depende do estilo musical escolhido e como ele é usado. Músicas podem ativar diversas áreas do cérebro em concomitância, auxiliando no aprendizado, foco, mas podem também prejudicar um aprendizado se forem músicas com letras que tomem a atenção do paciente. Acaba sendo algo pessoal, e cada paciente vai encontrar sua playlist dedicada ao momento”, disse.

 

 

  • Dormir

“Durante as férias temos maior liberdade para dormir até mais tarde, algo que por si só já pode compensar as horas necessárias para dormir. Mas, também podemos organizar um horário preferencial para dormir, sem estresse ou anseios, que pode ser mantido por muito tempo após o término das férias. Devemos aproveitar as férias para ajustar nosso relógio interno”, falou o médico.

 

 

  • Desenvolver habilidades manuais

Pode ser muito bom para alguns pacientes desenvolver atividades manuais, justamente por serem um tipo de terapia em diversos contextos”, contou. O profissional acrescentou que nesse caso vai de acordo com o gosto. Exemplos: desenhar, artesanato ou aprender um novo jogo.

 

 

  • Contato com a natureza

O neurologista se baseia que o contato com a natureza provoca estímulos benéficos ao cérebro. Portanto, trata-se da forma terapêutica para pacientes psiquiátricos e com distúrbios neurológicos do espectro autista.

 

 

  • Visitas

Quer fortalecer o ambiente social com cuidado? Eis que surge a boa opção. Vá atrás de encontrar a pessoa que você adora. “Ficar em ambientes sociais ruins ou com desavenças acabaria sendo prejudicial”, conclui.

 

 

Por: Guilherme Faber (Sportlife)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *